sábado, 13 de novembro de 2010

Corinthians 1 x 0 cruzeirinho. STJD precisa mostrar que não é um circo!!!

Nação,

Ganhamos mais uma decisão. Um jogo fundamental por ser um adversário direto, mas tão importante quanto as vitórias nos jogos anteriores, e menos que os que ainda estão por vir.

Vencemos e estamos na liderança. Mas não seremos campeões se não vencermos os próximos jogos.

Então, o primeiro ponto que precisa ser destacado é que esse não foi a maior decisão de todos os tempos, como os adversários querem pregar.

E se eles fossem um time de verdade, e tivesse um técnico de verdade, saberiam que ainda estão no páreo, ou pelo menos deveriam se comportar assim.

O jogo foi parelho, mas como ganhou repercussão por causa do penalty, não dá para comentar sobre outra coisa.

Foi penalty. Isso não resta dúvidas. O Ronaldo arma o peito para amortecer a bola e vem uma vaca louca por trás e atropela. Não visou a bola. Só acertaria a bola se sua cabeça atravessasse o Ronaldo.

Mas entendemos que cabe discussão. Discussão como vários outros lances ao longo desse campeonato.

Foi penalty, mas quem defende que não foi, tem direito de fazê-lo. O choro é livre e futebol é assim mesmo.  Os jogadores do cruzeirinho, derrotados, podem reclamar, chorar. O que não pode é se comportarem como menininhas.

Não pode é quem acha que o árbitro errou dar o peso a esse lance como se fosse o maior erro da história da arbitragem. 

Não pode o medíocre técnico Cuca e o bandido presidente Zezé Perrela sair dando declarações de que o juiz é safado, que está comprado, denegrindo mais uma vez o Corinthians.

Por isso, o que esperamos agora é que, primeiramente, o juiz mantenha sua posição, seja homem, e não me venha amanhã com aquele papinho de que viu o lance pela TV e ficou na dúvida, e por isso pede desculpas.

Se fizer isso é um palhaço e deve ser banido da arbitragem.

E principalmente quero ver agora o STJD, que adora aparecer, agir como deve ser a sua obrigação. Se esse técnico e o presidente do clubinho azul não forem suspensos ou até banidos do futebol aí provarão que realmente são um circo.

E, finalizando, que o nosso Departamento Jurídico também mostre que existe, e acionem na justiça os dois meliantes citados acima.

E quem não for Corinthiano, e achou que não foi penalty, desculpe o termo, mas que vá prá puta que o pariu.

Tô cansado dessa palhaçada de tentarem diminuir nosso clube.

Vencemos, seremos campeões, contra tudo e contra todos.

Valeu!

CORINTHIANS 1 X 0 CRUZEIRO
Julio César, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos (Leandro Castán); Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César (Jorge Henrique); Dentinho (Danilo) e Ronaldo.Fábio, Jonathan, Léo, Gil e Gilberto; Henrique, Marquinhos Paraná, Fabrício (Wallyson) e Montillo (Roger); Thiago Ribeiro e Wellington Paulista (Farías).
Técnico: Tite.Técnico: Cuca.
Gol: Ronaldo, aos 42 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Bruno César, Dentinho (Corinthians); Gil, Thiago Ribeiro, Fabrício, Gilberto (Cruzeiro). Cartão vermelho: Gil (Cruzeiro).
Estádio: Pacaembu. Data: 13/11/2010. Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF). Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA). Público: 35.935 pagantes. Renda: R$ 1.279.352,50.

6 comentários:

  1. Felipe Araújo de Queiroga14 de novembro de 2010 09:40

    Assino embaixo, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Samuel, para você ver como é revoltante mas ao mesmo tempo engraçado. Como de costume hoje eu estava ouvindo o debate futebolístico de domingo na rádio Globo até agora há pouco (desliguei pois o meu estômago não é tão forte o quanto eu pensei que fosse) e a opinião quase unânime - tirando a de um comentarista da rádio em MG óbviamente - é de que foi penalti sem nenhuma dúvida. Mas mesmo com essa opinião, todos os comentaristas falam em favorecimento da arbitragem ao Corinthians. Pô, que loucura é essa então? Se foi penalti no Ronaldo e nos lances no Thiago Ribeiro não foram, qual a dúvida que se coloca em cima da arbitragem? Onde o Corinthians foi favorecido? Em um impedimento mal marcado no 1º tempo? Tudo isso para gerar essa revolta toda, desproporcional com o que se viu em campo? Engraçado é que eu não vi essa indignação toda nem da imprensa e principalmente do Cruzeiro quando no jogo contra o SPFC marcaram um penalti contra eles em que se não bastasse nem falta ter acontecido na jogada, a mesma se deu fora da área. Eu não vi nem Cuca, nem Perrela, nem chinelinho e nem Thiago Ribeiro reclamarem de tal absurdo com tanta veemência como fizeram ontem. E muito menos não vi nenhum jogador abandonar o campo por estar revoltado como aconteceu com o Fabrício.
    Na mesma rádio Globo, um comentarista me vem com uma listinha de 10 jogos em que o Corinthians foi favorecido (na opinião dele é claro) e diz que fomos prejudicados em apenas 3. Para você ver como essa lista do suposto jornalista é uma completa abominação, ele não citou os gols do Ronaldo anulados contra o Guarani. Quer mais do que isso?
    Sinceramente eu gostaria de entender o por quê de tanto ódio contra o Corinthians e sua torcida. Tudo toma proporções estrotosféricas. Não creio que seja só pela audiência, tem mais alguma coisa por trás disso tudo.
    Estou indignado e revoltado com o que estão fazendo com o Corinthians. Querem jogar máculas em cima de nosso provável título. É vergonhoso ver isso, e mais vergonhoso ainda é ver a atitude passiva de nossa diretoria frente a estes ataques predatórios e caluniosos que estamos constantemente sofrendo. Se fosse eu o presidente do Corinthians, chamaria todos os caluniadores às barras dos tribunais e faria com que todos eles se explicassem e provassem na justiça todas as ilações e suposições de favorecimento que fazem contra nosso time. Queria ver o Perrela, famoso "capo de tutti capi" em MG se explicar na frente de um Juíz de Direito. Queria ver o Cuca falar o que ele falou ontem correndo o risco de ir em cana se não provar que o campeonato está comprado. Seria interessante também pedir a opinião dele sobre como o Fluminense se salvou do rebaixamento certo no ano passado. O que será que ele achou de grande parte da arbitragem (inclusive aquela do último jogo contra o Coritiba que salvou o time dele na época o rebaixou o Coxa, lembra?) na "arrancada" do Fluminense para se salvar? Aí eles não erraram e não existia má fé? Para você ver o nível absurdo, até o Roger chinelinho tirou uma ontem lembrando de 2005. Quer dizer que se houve então algum esquema de corrupção naquele campeonato, então ele também é corrupto, já que participou de tudo e inclusive no último jogo entrou em campo e foi comemorar o título com todos os outros jogadores. Quanta hipocrisia.
    Enfim, tal e qual o Cuca, estou enojado também. Mas estou com este sentimento por causa dos adversários que mais uma vez mostram que não sabem perder. Pelo menos para o Corinthians. Isso prova a nossa grandeza e superioridade frente aos medíocres.

    ResponderExcluir
  3. SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA.

    Há 100 anos, o Time do Povo.

    O Corinthians é um dos grandes clubes do futebol brasileiro.

    Muito grande, mesmo: o Corinthians é, indiscutivelmente, o clube mais importante do Brasil.

    Por isso mesmo, o mais invejado.

    Isso explica porque todas as conquistas e manifestações de grandeza do Corinthians geram tantas contestações.

    E isso não é de hoje: desde os seus primórdios, quando, meteoricamente, ascendeu dos campos de várzea para a elite do futebol, o Corinthians foi sempre alvo de inveja, discriminação, perseguição, maledicência.

    Mas, maior que tudo, é o amor e a força do povo, a Fiel.

    Saudações centenárias!

    ResponderExcluir
  4. Pois é galera, contra o Corinthians, tudo... se o penalty fosse a favor do cruzeiro estaria tudo bem agora..

    João, a perseguição ao nosso clube não é motivada só por audiência. É alimentada pelo ódio de pseudos jornalistas, ambiciosos, que entendem que agir assim pode alavancar sua carreira, bem como fazer a felicidade dos clubes por trás deles, normalmente o bambi fc.

    Mas a culpa disso também é do próprio Corinthians. Deixou criar uma situação em que falar mal do clube, classificar como desonesto e ladrão tornou-se normal. Todo mundo ofende, fala o que quiser e o clube não reaje.

    Sempre bati nisso, e muitos torcedores também. Mas a posição da diretoria sempre foi de omissão, de considerar isso algo irrelevante.

    Não é. Vai criando esse tipo de estigma. Nos prejudica demais, pois os árbitros são pressionados a errar só contra nós. Nunca a favor. E mesmo quando acertam, são questionados e ofendidos, como ontem.

    Já passou da hora, mas ainda dá tempo. O Corinthians precisa mudar a postura e enquadrar todos aqueles que falarem besteiras e ofensas ao clube. Isso vale para jogadores, técnicos e dirigentes adversários e principalmente para a imprensa vendida.

    Somos torcedores, cidadãos, povo, temos direito a torcer livremente pelo nosso clube, a nos alegrar com ele, bem como entristecer quando ele perde, como todos os outros. Da forma que está, do jeito que a coisa vai indo, não vai demorar para sermos perseguidos, mas aí de forma violenta mesmo.

    Vamos diretoria, atitude.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Samuel, sempre tive a opinião de que determinadas manifestações adversárias devem ser deixadas para lá. Mas para outras não se pode fazer de conta de que não é conosco. Nossas diretorias históricamente sempre foram omissas e pouco atuantes na frente das câmeras. Mas esta atual diretoria eleva a omissão a quinta potência e a patamares nunca vistos na história do futebol brasileiro. Se somos prejudicados, deixa quieto. Se falam asneiras contra nossa honra, estão de cabeça quente. Até quando o Andrés vai deixar isso correr frouxo? Ele não percebe que isso prejudica a nossa imagem, inclusive podendo atrapalhar e desvalorizar nosso clube em futuras negociações de patrocínios e obtenção de novas receitas?
    Esta atitude de completa omissão está me deixando incomodado. Quem é agredido da forma que somos diariamente não pode se calar. A não ser que tenha alguém com o rabo preso por aí.
    Hoje em dia é muito fácil para os anti. Os times tropeçam em sua própria incompetência e a desculpa que todos usam é a mesma: o Corinthians está sendo favorecido, tem esquema na CBF, o Andrés foi o chefe da delegação, é amigo do Ricardo Teixeira, etc, etc.
    Diretoria, vamos urgentemente tomar uma atitude séria e assumir uma postura de homem. Da forma que estão conduzindo essa questão, corremos um grande risco de sermos prejudicados na reta final do campeonato, para agradar aqueles que estão sendo derrotados dentro de campo e não se conformam com isso.
    Se não fizerem isso e adotarem uma política de tolerância zero contra aqueles que repetidamente denigrem nossa imagem, vou acabar pensando (e acho que a maioria dos torcedores do Corinthians também) que no final das contas tem caroço neste angú.

    ResponderExcluir
  6. Olha, gente, não sei se alguém viu o Mesa Redonda na Gazeta ontem à noite. O repórter da Gazeta, na entrevista com o Cuca e o Perrela na chegada do Cruzeiro ao Paca,perguntou a ambos o que eles acharam da escolha do árbitro Sandro Meira Ricci para apitar o jogo. Ambos disseram exatamente a mesma coisa: que era uma ótima escolha,que esse negócio de juiz comprado e mala branca não existem no futebol e que mesmo o Corinthians (de acordo com o Sr. Perrela) havia sido prejudicado inúmeras vezes pela arbitragem ao longo do campeonato (como exemplo ele citou o jogo contra o Guarani). Agora,teminado o jogo, aquele fracassado que atende pelo nome de Cuca e o Sr. Perrela vêm dar chilique e socar a mesa dizendo que tem esquema pro Corinthians ganhar? A quem eles estão querendo enganar? Certamente à torcida cretina deste time pequeno,cavalo paraguaio que é o Cruzeiro. Porque é muito mais fácil dizer que tem esquema pro Corinthians ganhar do que admitir a incompetência.

    ResponderExcluir