segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Apesar da roubalheira, Timão mantém o tabu!!!


Nação,

Fica até difícil fazer qualquer análise depois de um jogo como esse.

Como analisar tática ou os jogadores se independente da atuação deles a vitória jamais viria, pois a arbitragem já veio preparada para evitar isso a qualquer custo?

Certamente o jogo de ontem reuniu as maiores vergonhas da arbitragem brasileira nos últimos anos, e olha que já são muitas.

A imprensa podre, e bambi, vive com o discursinho de que "não podemos acreditar que um juiz vá a campo para prejudicar uma equipe".

Porque não? Porque não podemos acreditar nisso? Vivemos num paraíso, por acaso?

Claro que podemos e devemos acreditar que a arbitragem brasileira é porca, suja, e atua em diversos esquemas, para beneficiar determinadas equipes e prejudicar outras.

No caso do São Paulo FC é nítido e evidente que existe um esquema organizado para beneficiá-lo. E não vem de hoje. As conquistas dos últimos campeonatos não aconteceriam se não fosse esse esquema.

Um esquema grandioso, que conta com a participação decisiva da imprensa, conivente e manipulada em todos os assuntos que envolvem esse vergonhoso clube do futebol brasileiro.

Dentro de campo são as partidas sempre decididas com erros de arbitragem a seu favor e sempre minimizadas ou ocultadas nos noticiários. E fora de campo o esforço extraordinário em manter o morumbi como sede paulista da Copa 2014, fazendo matérias positivas sobre um projeto ridículo, que jamais será aprovado pela FIFA.

Então não me venham com esse papo. A arbitragem brasileira é sim desonesta, e tem muita gente ganhando dinheiro com isso.

O jogo de ontem foi uma vergonha completa. A anulação do gol do Dentinho, alegando falta do Ronaldo numa disputa em que ele que foi agarrado pelo Renato Silva foi ridículo.

Ridículo como os diversos impedimentos inexistentes anotados contra o Corinthians, principalmente num lance em que o Ronaldo iria parar dentro do gol.

Mas o ponto alto foi o gol de empate dos bambis. Aquilo não foi ridículo. Aquilo foi a prova cabal do crime. Não existe uma única pessoa nesse mundo que possa ver aquilo e não dizer que o árbitragem não esteja comprada.

Como não marcar um impedimento clamoroso daquele? Quatro jogadores em impedimento.

Até quando vamos aceitar isso? Até quando o Corinthians será prejudicado e isso ser considerado algo normal, do jogo?

Porque os jornais não estão hoje com manchetes tipo: "com gol irregular, São Paulo empata a partida com Corinthians!"??

Culpa da nossa diretoria, que enxerga que somos prejudicados, mas se contenta apenas em ficar irritada, como nós, mas não age.

O mínimo que o Sanchez deveria fazer hoje é enviar uma queixa formal para a CBF pedindo afastamento do árbitro Ricardo Marques Ribeiro e de toda a equipe de arbitragem que atuou na partida.

Enfim, um jogo vergonhoso, que nos tirou de vez da disputa do campeonato.

De positivo, é que apesar do esquema pró-bambis, o tabu continua. Dois anos sem vitória sobre o Timão, mesmo com a arbitragem jogando a favor.

Do jogo em si, destaque para o Ronaldo, mesmo jogando mais ou menos é sempre decisivo, a estréia discreta mas demonstrando que tem qualidade do Matias Defederico, e o bom senso do Mano em entrar em campo no esquema 4-3-3, que melhor se ajusta a equipe.

Mas como iniciei o post, independente do que o Corinthians produzisse a vitória seria impossível, pois já estava tudo armado em favor dos bambis.

Só que elas, como boas freguesas, tremeram novamente e não fizeram sua parte.

Talvez consigam um desconto no pagamento do árbitro.

Valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário